você está em: Inicial | Canal Agro | Frio X Produções Agrícolas: impactos e consequências

agosto 2021 Notícia do Segmento

Frio X Produções Agrícolas: impactos e consequências

Durante o mês de julho, uma massa polar provocou a queda de temperatura em diversas regiões do país, sendo de forma mais acentuada no Sul. A geada não afetou drasticamente algumas plantações, como as lavouras de trigo no Paraná, que já estão em 90% no estado vegetativo, fase que não sofre com as geadas, as plantações que estão em fase de flora são mais  suscetíveis a sofrer impactos. 

No Rio Grande do Sul, as lavouras estão em fase de gramínea, devido ao plantio tardio, nesse caso as geadas vem para ajudar as plantações, evitando doenças e fungos, bem como, geram um controle natural de insetos.

Quais foram as perdas mais significativas dos grãos no sul esse ano?

Para os agricultores de milho do Paraná, o 2º maior produtor do Brasil, as geadas trouxeram prejuízos. Os produtores estimavam que fossem colher cerca de 15 milhões de toneladas, porém, com os efeitos das geadas provocadas pela massa polar, estima-se que a colheita será em torno de 6,8 milhões de toneladas, reduzindo 53% da estimativa inicial. 

Para um comparativo por hectare, o normal seria 100 sacas, sendo que após as geadas, a previsão caiu para 40 ou 30 sacas por hectare, o que gera pessimismo nos agricultores da região.

Uma conseqüência é a necessidade de importação de grãos de outros estados e países, algo fora do comum, porém os agricultores não possuem grãos para venda, necessitando importá-los do Mato Grosso e Argentina.

O que é o Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro)

Uma forma de amenizar os prejuízos encontrados pelos agricultores foi o Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro). Os

Agricultores contratam financiamentos públicos, porém, com intuito de arcar com os custos da safra, visando amenizar os prejuízos, contratam o seguro Proagro. 

O seguro cobre parte dos custos, pois depende de alguns fatores avaliados pelos peritos para saber a quantia que será ressarcida. Os que não conseguem financiamento público realizam empréstimos de forma particular, sendo que de toda forma existe a necessidade de respeitar o período certo para fazer o plantio.

Como relacionar o clima e a agricultura?

A relação entre clima e agricultura existe desde sempre e as plantações são realizadas baseadas em conhecimentos adquiridos com o passar dos tempos, bem como estudos que visam diminuir as interferências causadas pelo clima.

Com os estudos, é possível analisar quais são os vegetais mais propícios a serem cultivados em determinadas regiões, bem como sua resistência e desenvolvimento frente às variações climáticas ocorridas em determinada localização. 

Um desses estudos seria a manipulação das espécies, criando híbridos, e construindo espaços de forma artificial, onde seria controlada sua atmosfera interna, as famosas estufas.

Ao utilizar essas técnicas e tecnologias, alguns fatores variam também de forma negativa, como a qualidade dos alimentos, pois nem sempre são mantidas as qualidades originais e também acaba influenciando nos custos, pois em grande parte, apresentam um custo mais elevado do que a forma tradicional de plantio.

Como o frio pode favorecer as plantações?

Um exemplo histórico sobre conhecimento para plantação de algumas culturas vem da época da colonização de Portugal, onde a coroa portuguesa escolheu o cultivo da cana de açúcar na região nordeste, devido ao clima mais propício, favorecendo a produção em larga escala, bem como o plantio do café ter sido realizado nas regiões de temperaturas amenas, sendo um dos pilares da economia brasileira no século XIX. 

Já para a soja, o melhor ambiente para seu cultivo foi o centro-oeste, devido a possuir uma estação quente e chuvosa e outra amena com baixa umidade do ar. A soja também se adaptou bem ao clima frio da região sul, sendo esse um dos produtos mais produzidos atualmente no Brasil.

Existem, inclusive, culturas que são totalmente adaptadas ao frio. Lógico que ele deve ser totalmente comedido, em doses certas. Nessa questão, podemos destacar a aveia, a cevada e o trigo, além de algumas frutas. 

O frio associado ao clima seco e sol, diminui a propagação de algumas doenças fúngicas que poderiam atingir as plantas, além disso, durante o inverno as plantas se recuperam muito rapidamente da queima superficial.  

Conhecer as particularidades da sua região é muito importante

Sendo assim, observamos que o clima influencia diretamente na agricultura e na maneira como lidamos com suas intempéries.

Ao conhecer as particularidades de cada região, correlacionado ao tipo de cultura plantada, bem como condições geográficas, de solo e clima, é possível atingir resultados cada vez melhores no setor

Contudo, é evidente que períodos de estiagem,  como quedas abruptas de temperatura, podem prejudicar diretamente a produção, assim como, as atividades econômicas relacionadas a ela.

Leia também

maio 2024 Tratamento de Inverno para Frutíferas: Estratégias Essenciais para Saúde e ...

O inverno representa um período crucial para a manutenção e preparação de árvores frutíferas. ...

abril 2024 Revolucionando a Agricultura com a Genética: Desafios, Benefícios e o Futuro ...

O melhoramento genético é uma prática que existe desde os primórdios da agricultura, onde as plantas com ...

Atuado no segmento de nutrição vegetal, biotecnologia e mineração, a BIOSUL Fertilizantes possui o portfolio mais completo do mercado.

Seus investimentos em desenvolvimento, tecnologia e matérias-primas com alto grau de pureza, possibilitam oferecer ao agricultor as melhores soluções para o melhor desempenho e equilíbrio nutricional das plantas.

(54) 3231-7600
biosul@biosul.com

Rua Os Independentes Grupo de Barretos SP, 875, B. Parque dos Rodeios, 95201-248 - Vacaria/RS

Biosul © Todos os direitos reservados.desenvolvimento: Six interfaces